Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Demorou mais tempo do que  esperava, para aquela pequena e despedaçada parte de mim deixar de chorar.
No entanto, acabou por aconteçer.
Nessa altura já me sentia suficiente exausta para adormeçer.
O estado de subconsciência não trouxe um alívio completo face á dor que sentia, apenas uma sensação de dormência e esmorecimento, como se fosse um medicamento.
Tornou tudo mais sopurtavel. Mas a dor ainda lá estava ; tinha noção, mesmo a dormir, e isso ajudou'me a fazer ajustamentos que consideráva mecessários.
A manhâ chegou e trouxe com ela, se não uma visão mais clara, pelo menos algum controlo, e como que uma sensação de aceitação.
Instintivamente, soube que o novo rasgão no meu coração me doeria para sempre.
A partir daquele momento fazia parte de mim.
O tempo curava tudo - era o que toda a gente dizia.
Mas eu não queria saber se o tempo seria capaz de sarar a minha ferida ou não,
desde que ele pudesse melhorar e ser feliz novamente.

 

Feito por mim.



publicado por Scarlet às 21:13 | link | kill someone

1dead person:
De Tatjiânna a 28 de Outubro de 2009 às 22:26
Adoro este texto *.*
É mesmo bonito pusha :D
Amo-te minha Fii, tens talento (:


kill someone