Terça-feira, 26 de Abril de 2011

Sinto que não tenho identidade. Que tenho varias mentes, varias maneiras de ver o mundo, que sou varias pessoas num só corpo. Não sei o que devo gostar, o que devo odiar... Não sei nada. Só quero compreender o que se passa comigo, ser aceite. Tento ser o que os outros querem que eu seja, mas não consigo. Tento ser algo mais... mas não sei o quê. Não sei quem quero ser, ou mesmo quem sou. Estou perdida.



publicado por Scarlet às 23:20 | link | kill someone

4 dead persons:
De anna ♥ a 27 de Abril de 2011 às 11:04
sou eu e tu nessa situação. mas não te preocupes, não estás sozinha nisto e se algum dia pensares que estás, lembra-te que tens os teus amigos à tua volta mesmo que não pareça.
não tentes ser o que os outros querem que tu sejas, porque senão estarás a perder a tua própria dignidade. sei que é difícil não sabermos quem somos num instante, mas ainda assim temos de continuar a ser aquilo que somos. eu estou aqui, se precisares.
amo o teu blog! (:


De Scarlet a 27 de Abril de 2011 às 17:31
Apesar de me sentir deveras aconchegada por não ser a única, não desejo isto a ninguém. E sobre os amigos, são poucos, e não era capaz de lhes contar coisas destas... Para alem de ter medo de não ser compreendida e ser julgada, não sei bem como me expressar a volta deles.
Tento ser o que os outros querem que eu seja porque, acima de tudo, gosto de ver os outros felizes, e a tentar ser aceite, percebes? Sempre pus os outros á minha frente, e já que eu não consigo ser feliz, eles que sejam.
Mas percebo o teu ponto de vista, "temos de continuar a ser aquilo que somos". Tens toda a razão.
Obrigada, se precisares de algo, não hesites em pedir. Teria muito gosto em ajudar-te.
E muito obrigada por gostares do meu blog. Faz me sentir bem.


De anna ♥ a 28 de Abril de 2011 às 12:18
oh a sério, és uma rapariga mesmo querida. gosto muito da tua maneira de pensar, és mesmo parecida comigo.
não tens que agradecer por gostar do teu blog, agradece a ti própria por seres uma grande escrita, e deveras interessante!
relativamente às outras coisas, eu entendo que queiras fazer os outros felizes já que tu não és, porque eu também costumo fazer isso, mas também aprendi que se não formos felizes que também não podemos impor uma felicidade certa aos outros. temos que pensar primeiro em nós, embora isto possa parecer muito egoísta, é mesmo assim. foi isto que aprendi com as pessoas falsas que me foram abandonando ao longo da vida.
beijinho querida <3


De Scarlet a 2 de Maio de 2011 às 19:53
Desculpa ter demorado imenso a responder, tenho andado afastada na Internet, e assim, também do blog.
Muito obrigada pelas tuas criticas.
E é agradável saber que sou parecida contigo.
Obrigada pelo seu conselho, beijinhos!


kill someone