Sábado, 5 de Fevereiro de 2011

You would know that I cry every night for the people I lost.

 

You would know that I never tell my problems to anyone because I don't have anyone to tell.

 

You would know that I hate myself - physically and mentally.

 

You would know that I find my escape from reality in music and in the books I read.

 

You would know that I think too much, and mostly bad things.

 

You would know that the reason I always say that love sucks because no one ever loved me back.

 

You would know that I never tell what's on my mind because they would not understand.

 

You would know that I'm afraid of being a failure.

 

You would know that I have thought about suicide and how to kill myself, but I'm not that brave.

 

You would know that I put fake smiles everyday because maybe if I pretend too much it will become reality.

 

You would know that I wonder if is anyone out there for me, someone that understands me and accepts me for who I am.

 

You would know that I wish I could go back to when I hadn't lost anything.

 

You would know that I never know what to answer when people ask me what’s wrong.

 

You would know that I feel lost. I don't know what to feel anymore.

 

You would know that I'm always afraid of being alone for the rest of my life.

 

You would know that I don't know what to do about my future.

 

You would know that I want to stop doing it, but it's hard.

 

You would know that I'm a broken girl.

 

You would know that whenever I make eye contact with someone, I'm always terrified that their first thought is that I'm ugly.

 

You would know that most of the times I hate everyone and everything.

 

You would know that I have a bad habit of comparing myself to others.

 

You would know that I have bad nightmares every night.

 

You would know that I don’t know why I am the why I am.

 



publicado por Scarlet às 14:19 | link | kill someone

18 dead persons:
De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 5 de Fevereiro de 2011 às 15:47
Wow! Eu não sabia que estavas assim tão mal.
Honey, se quiseres desabafar sobre tudo, podes contar comigo. Sempre, a qualquer altura.


De Scarlet a 6 de Fevereiro de 2011 às 19:04
Obrigada Daniela.
È muito simpático da tua parte, e deixa-me feliz haver pessoas como tu neste mundo.
E espero que saibas que também podes sempre contar comigo.
E tu, como estás?


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 6 de Fevereiro de 2011 às 21:25
Eu estou bem, estou normal.
Não me sinto feliz e radiante, mas também não me sinto tão morta por dentro, tão perdida como antes.
Sweety, se não formos uns pelos outros, este mundo está condenado.
Pode não ser muito, mas o meu apoio é algo com que podes contar sempre.
Como estás hoje ?


De Scarlet a 6 de Fevereiro de 2011 às 21:38
Isso é bom, acho eu. O facto de já não te sentires tão morta por dentro.
Estava um pouco nervosa porque aconteceu uma huge fight na casa dos meus tios. Todos gritavam com todos, quando eu levava a bebe para longe, mas ela não parava quieta porque ouvia a mãe a gritar.
Mas agora já estou um bocadinho melhor.


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 6 de Fevereiro de 2011 às 21:41
Porque é que começaram todos a discutir? Isso é mesmo mau...


De Scarlet a 6 de Fevereiro de 2011 às 22:25
Muito drama, tas a ver?


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 6 de Fevereiro de 2011 às 22:42
Yeah. Isso às vezes acontece.
Mas continuas a sentir tudo aquilo que escreveste ?


De Scarlet a 7 de Fevereiro de 2011 às 19:24
Infelizmente, sim. Todos os dias.


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 7 de Fevereiro de 2011 às 19:42
Mas sabes porque é que te sentes assim todos os dias ? Ou sentes-te assim sem nenhuma razão específica (são diversas coisas)?
Eu quero tentar ajudar. Não sei como, mas quero.


De Scarlet a 8 de Fevereiro de 2011 às 21:52
Obrigada Daniela. Asério.
È praticamente todos os dias, sinto que se arrasta comigo. Até porque o ambiente á minha volta não é o melhor.


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 9 de Fevereiro de 2011 às 20:53
Não há necessidade de agradeceres, querida.
Eu compreendo-te. Eu sei pelo que estás a passar. Parece que esse sentimento nunca vai passar. Parece que o mundo todo se uniu para engendrar uma artimanha qualquer contra ti, porque por mais que tentes sentir-te melhor e fazer com que os pensamentos maus desapareçam, o mundo não deixa que tu te esqueças que te sentes uma merda.
Não tens vontade de fazer nada. Nada te motiva. Nada te pinta um sorriso nos lábios. Nada te aquece o coração.
Mas há sempre esperança que o dia seguinte seja melhor.
Há sempre aquela luz ao fundo do túnel.
Basta acreditar que o dia em que o mundo vai deixar de conspirar contra ti irá chegar. Não te deixes ir abaixo, amor.


De Scarlet a 11 de Fevereiro de 2011 às 19:52
Tambem te sentes assim?


De seekingbeautyindissonance.blogspot.com a 11 de Fevereiro de 2011 às 23:14
Estou melhor agora, mas quando estou mesmo no fundo do poço é mesmo assim que me sinto. Senão pior.


De Scarlet a 13 de Fevereiro de 2011 às 23:34
Ès uma rapariga maravilhosa e mereces tudo de bom, não te deves sentir assim. Espero que esteja tudo bem contigo.


De Maddie C. a 5 de Fevereiro de 2011 às 17:28
oh querida, agora fiquei emocionada, se precisares de alguma coisa eu estou aqui s:
(by the way, adoro o programa)


De Scarlet a 6 de Fevereiro de 2011 às 19:07
Obrigada, Maddie (:
Eu só vi 2 episódios, mas logo no primeiro desatei a chorar. Naquela parte do "Cross the line if...", foi onde me emocionou mais. Especialmente quando diziam "Cross the line if you lost someone closs to you, and you will never see their smile again, or their laughter..."


De carolina c. a 5 de Fevereiro de 2011 às 18:18
You are good enough for me.
I love you.


De Scarlet a 6 de Fevereiro de 2011 às 19:08
I love you too. You are really special to me. I'm so glad I found you.
You are an amazing person, I dont wanna lose you.
We are fucking perfect!


kill someone